CHRISTUS BABY

2012



Crie glitters aqui!


A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus FELIZ 2012!!!
"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender" (Augusto Cury)

*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*

É Brincando que se adquiri conhecimento!

BLOG - Cristiângela Ribeiro Soares

ESTADOS E CIDADES ONLINE NO MOMENTO


free stats

Christus Baby

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

1° ENCONTRO ESCOLA X FAMÍLIA ENSINO FUNDAMENTAL II E MÉDIO - 2011

A escola é uma instituição que complementa a família e juntas tornam-se lugares agradáveis para a convivência de nossos filhos e alunos com uma perfeita sintonia
Tivemos hoje, 25 de fevereiro de 2011 nosso primeiro encontro- Escola x Família
Local - Auditório Germayron Brito

Teve ínicio - 16:30hs
Objetivo
Aproximar a família do ambiente escolar.

Missão da Escola

Formar cidadão crítico, responsável, socializado e comprometido com o próprio crescimento através de um ensino de qualidade e da interação entre família e escola.
Socorro Nascimento
Coordenadora Pedagógica


Iniciou lendo uma fábula - Águia e da galinha

Pauta da reunião


*Horário

*Uso do celular

*Sistema de avaliação

*Fardamentos












As professoras recolhendo assinaturas dos pais


Os recepcionistas



A mesa do chá
Belíssima e saborosa


Ao final do encontro foi servido um delicioso chá com bolos, salgados, pães e
muito chocolate quente ..
Muita chuva caindo, friozinho…



A FÁBULA DA ÁGUIA E DA GALINHA
Esta é uma história que vem de um pequeno país da África Ocidental, Gana, narrada por um educador popular, James Aggrey, nos inícios deste século, quando se davam os embates pela descolonização.
Oxalá nos faça pensar sempre a respeito.
"Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro, a fim de mantê-lo cativo em casa.
Conseguiu pegar um filhote de águia.Colocou-o no galinheiro junto às galinhas.
Cresceu como uma galinha.Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista.Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Esse pássaro aí não é uma galinha.
É uma águia.- De fato, disse o homem.- É uma águia.
Mas eu a criei como galinha. Ela não é mais águia.
É uma galinha como as outras.- Não, retrucou o naturalista.- Ela é e será sempre uma águia.
Este coração a fará um dia voar às alturas.- Não, insistiu o camponês.
Ela virou galinha e jamais voará como águia.Então decidiram fazer uma prova.
O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e, desafiando-a, disse:
- Já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!
A águia ficou sentada sobre o braço estendido do naturalista.
Olhava distraidamente ao redor.
Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos.
E pulou para junto delas.O camponês comentou:
- Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
- Não, tornou a insistir o naturalista. - Ela é uma águia.
E uma águia sempre será uma águia.
Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa.Sussurrou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas, quando a águia viu lá embaixo as galinhas ciscando o chão, pulou e foi parar junto delas.
O camponês sorriu e voltou a carga:
- Eu havia lhe dito, ela virou galinha!
- Não, respondeu firmemente o naturalista.
- Ela é águia e possui sempre um coração de águia.
Vamos experimentar ainda uma última vez.
Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo.
Pegaram a águia, levaram-na para o alto de uma montanha.
O sol estava nascendo e dourava os picos das montanhas.
O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra suas asas e voe!A águia olhou ao redor.
Tremia, como se experimentasse nova vida.
Mas não voou. Então, o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, de sorte que seus olhos pudessem se encher de claridade e ganhar as dimensões do vasto horizonte.
Foi quando ela abriu suas potentes asas.
Ergueu-se, soberana, sobre si mesma.
E começou a voar, a voar para o alto e voar cada vez mais para o alto.Voou.
E nunca mais retornou.
"Existem pessoas que nos fazem pensar como galinhas.
E ainda até pensamos que somos efetivamente galinhas.
Porém é preciso ser águia. Abrir as asas e voar.
Voar como as águias. E jamais se contentar com os grãos que jogam aos pés para ciscar."