CHRISTUS BABY

2012



Crie glitters aqui!


A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus FELIZ 2012!!!
"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender" (Augusto Cury)

*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*

É Brincando que se adquiri conhecimento!

BLOG - Cristiângela Ribeiro Soares

ESTADOS E CIDADES ONLINE NO MOMENTO


free stats

Christus Baby

domingo, 5 de setembro de 2010

CURRICULO DA EDUCAÇÃO INFANTIL



O currículo da Educação Infantil



Quando se refere a palavra currículo o que vem em mente é um conceito variado e diverso que leva a questionar a questão da seleção do currículo escolar a ser seguido na educação infantil.



É nítido que os responsáveis diretos em relação a aplicação dos currículos na sala de aula, são dos professores.


O ideal é que as experiências vividas na sala de aula , contribuam para a geração de um processo permanente de revisão das programações dos ciclos da Educação Infantil e do projeto curricular



1. atividades de comunicação e expressão que desenvolvam as linguagens verbal, plástica, musical e corporal;


2. atividades com materiais que favoreçam o processo de elaboração de descoberta, de levantamento de hipóteses, de criação e de reinvenção;


3. atividades que estimulem a construção de conhecimentos matemáticos e do meio físico e social;

4. atividades que favoreçam o contato com a língua escrita.

As atividades serão programadas obedecendo a uma seqüência e ordenação cuidadosamente estabelecidas e serão apresentadas aos alunos de forma lúdica.

A educação psicomotora na idade pré escolar deve ser antes de tudo uma experiência ativa de confrontação com o meio.


A ajuda educativa proveniente dos pais e do meio escolar tem a finalidade não de ensinar a criança comportamentos motores, mas sim de permitir-lhe exercer sua função de ajustamento, individualmente ou com outras crianças.



Na pré-escola o papel do professor não é alfabetizar, mas estimular funções psicomotoras necessárias ao aprendizado formal.


Através do seu conhecimento e sensibilidade, ele pode dosar teoria e prática de maneira gradual, combinando os estímulos adequados para cada tipo de aluno.


Fonte



Nenhum comentário: