CHRISTUS BABY

2012



Crie glitters aqui!


A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus FELIZ 2012!!!
"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender" (Augusto Cury)

*♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`**♥*´¯`*.¸¸.*´¯`*

É Brincando que se adquiri conhecimento!

BLOG - Cristiângela Ribeiro Soares

ESTADOS E CIDADES ONLINE NO MOMENTO


free stats

Christus Baby

domingo, 19 de setembro de 2010

BRINCAR É COISA SÉRIA




Sabemos que o brincar é um direito da criança como apresentam diversos documentos internacionais:

Declaração universal dos direitos da criança - ONU (20/11/1959)

"... A criança deve ter todas as possibilidades de entregar-se aos jogos e às atividades recreativas, que devem ser orientadas para os fins visados pela educação; a sociedade e os poderes públicos devem esforçar-se por favorecer o gozo deste direito". (Declaração universal dos direitos da criança, 1959)


Brincar é importante ... por quê?

Para a professora CUNHA (1994), o brincar é uma característica primordial na vida das crianças.

Segundo a autora em seu livro "Brinquedoteca: um mergulho no brincar" o brincar para a criança é importante:



É bom, é gostoso e dá felicidade, e ser feliz é estar mais predisposto a ser bondoso, a amar o próximo e a partilhar fraternalmente;



Brincando, a criança aprende com toda riqueza do aprender fazendo, espontaneamente





Brincando, a criança desenvolve a sociabilidade, faz amigos e aprende a conviver respeitando o direito dos outros e as normas estabelecidas pelo grupo;





O brincar de faz-de-conta




Brincando, aprende a participar das atividades, gratuitamente, pelo prazer de brincar



Nas brincadeiras, as crianças transformam os conhecimentos que já possuíam anteriormente em conceitos gerais com os quais brinca.





Sendo assim fica claro que o brincar para a criança não é uma questão apenas de pura diversão, mas também de educação, socialização, construção e pleno desenvolvimento de suas potencialidades.






No brincar espontâneo podemos registrar as ações lúdicas a partir da: observação, registro, análise e tratamento. Com isso, podemos criar para cada ação lúdica um banco de dados sobre o mesmo, subsidiando de forma mais eficiente e científica os resultados das ações.


Professora
Marileica Chaves



Nenhum comentário: